Campos do Jordão ganha festival gratuito com comédias

A partir desta sexta-feira (27) até o dia 5 de maio, Campos do Jordão ganha seu primeiro festival Internacional de Cinema com 13 comédias.



Algumas produções são inéditas em circuito comercial, como o filme de abertura, "A Delicadeza do Amor", de David Foenkinos e Stéphane Foenkinos, e o documentário "Vou Rifar Meu Coração", de Ana Rieper.


O primeiro é uma comédia protagonizada por Audrey Tautou ("O Fabuloso Destino de Amélie Poulain"). O segundo aborda nomes da cena musical brega, hoje alçada às novelas da Globo.


Há também sucessos premiados (como "Meia-Noite em Paris", de Woody Allen) e filmes cult (caso de "Habemus Papam", de Nanni Moretti).


Mais da metade da mostra competitiva é formada por filmes brasileiros, entre eles, "Onde Está a Felicidade?", de Carlos Alberto Riccelli, e "Família Vende Tudo", de Alain Fresnot.


Com curadoria de André Sturm, diretor do Museu da Imagem e do Som, o festival dá dois prêmios principais. O melhor longa leva R$ 30 mil. Outros R$ 5.000 serão dados para o escolhido entre os curtas.


Além da disputa oficial, o evento tem uma homenagem aos cem anos de nascimento de Amácio Mazzaropi, com longas do personagem Jeca Tatu, e uma lembrança aos 50 anos de morte de Marilyn Monroe, com exibição de "Quanto Mais Quente Melhor" (1959), de Billy Wilder.


A programação completa no site oficial . O festival tem entrada franca em todas as sessões.

Fonte: folha
Top Notícias em Campos do jordão Veja todas