Felícia Leirner promove atividades especiais no Dia da Consciência Negra


Em comemoração ao Dia da Consciência Negra nesta quinta-feira, 20, o Museu Felícia Leirner e Auditório Claudio Santoro realizarão o projeto “Contar e Viver o Brasil Afro: Tambores do Baque”.

 

A atividade, que é voltada para todos os públicos, terá um cortejo de Maracatu com o grupo Baque do Vale – primeiro grupo de maracatu de baque virado do Vale do Paraíba. 





Em seguida, o visitante poderá escolher participar de uma das duas oficinas, que serão realizadas simultaneamente: tambores (ministrada por Flavio Itajubá, mestre do grupo) e dança-afro (ministrada por Adalgiza Américo).

A data homenageia Zumbi dos Palmares, que foi um dos principais representantes da resistência negra à escravidão na época do Brasil colonial e líder do Quilombo dos Palmares, comunidade livre formada por escravos fugitivos das fazendas.


Serviço

“Contar e Viver o Brasil Afro: Tambores do Baque”
Data: 20/11/2014 (quinta-feira)
Local: Av. Dr. Luis Arrobas Martins, nº 1.880
Horário: das 15h às 17h30
Informações: (12) 3662-6000
Vagas: para cada oficina, 25 pessoas por ordem de chegada
Entrada: gratuita

Fonte: Da redação
Top Notícias em Campos do jordão Veja todas