A culinária de Campos do Jordão se destaca na estância.

Campos do Jordão é a mais tradicional e importante cidade da Serra da Mantiqueira. Seu parque hoteleiro e seus restaurantes constituem a mais completa infra-estrutura turística serrana do Brasil. Dessa forma, a cidade é a principal referencia do que podemos chamar de culinária da serra ou culinária de montanha.

 

 

O clima europeu cria a necessidade de uma alimentação farta e calórica. O ar puro, os passeios, as caminhadas e a natureza também despertam apetites e assim a culinária deve ser tratada como um complemento aos atrativos turísticos de Campos do Jordão.


Se por um lado lutamos para preservar a natureza (nosso maior patrimônio), sabemos que o desenvolvimento da gastronomia serrana é de vital importância para o fortalecimento do turismo. O objetivo é que os visitantes levem na memória as mais lindas e deliciosas lembranças. Paisagem e sabor são um par perfeito e esse é o nosso caminho.


A Serra oferece uma grande variedade de opções gastronômicas. São restaurantes, bistrôs, cantinas, churrascarias e bares com cardápios das mais variadas culinárias, seja pelo aspecto étnico (Italiana, alemã , francesa , portuguesa, alpina e etc..) ou pelo aspecto de estilo (contemporânea, típica, caseira , tradicional e etc) .


Nesse cenário se destacam alguns produtos. Racletes e foundues são os itens mais recorrentes e sem duvida tem grandes atrativos: são pratos para serem consumidos coletivamente e onde a presença do fogo é, evidente, a grande atração. Assim podemos pensar que a influência Alpina não está somente na Arquitetura, mas também nas mesas e menus.


Outro item importante é a truta que, por ser criada na região e por ser um produto típico, ganha a cada dia mais espaço na culinária da serra e vai se tornando ( junto com o pinhão) as mais importantes atrações culinárias.


Por falar em pinhão, é aqui que a porca (ou leitoa a pururuca") torce o rabo; O mais importante produto desta terra, fruto da nossa árvore símbolo tem que ter a atenção que merece. O replantio de Araucárias é fundamental e não há projeto algum nesse sentido e este alerta tinha que estar aqui.


O pinhão, cuja safra coincide com a temporada de inverno, tem presença crescente em nossos cardápios. O potencial gastronômico é incrível, proporcional aos seus valores nutricionais.


O que temos a oferecer é a nossa região e assim valorizamos o nosso mais importante produto culinário. Há até pinhão cru, em saquinhos de redinha amarela nas beiras das ruas e avenidas.


Valorizamos o que temos e oferecemos a degustação a todos com o carinho que merecem. Pinhão no cardápio, pinhão na panela, pinhão na salada e pinhão na mesa. Truta também. Frutas vermelhas também, chocolates, cervejas, fondues, racletes, sopas e por aí vai. A mesa ta posta e bem servida o ano todo.

Fonte: Da redação
Top Notícias em Campos do jordão Veja todas