Prefeitura deve reformar bonde e levá-lo para Parque Ferroviário


A partir de setembro o bondinho instalado na Praça João de Sá, em frente a secretaria de Turismo, vai ganhar um novo lar. A composição será reformada será levada para o Parque Ferroviário, onde será reformada e ganhará um local de destaque, para abrigar exposições.


A intenção e transformar o bonde em um palco de atividades culturais, promovidas pela secretaria de Cultura. O translado até o local será feito nos dias 2,3 e 4 de setembro e contará com apoio de veículos do exército. Uma parte será desmontada.

A ação é parte do termo de cooperação firmado entre a Prefeitura e a Estrada de Ferro de Campos do Jordão, que visa o desenvolvimento de ações de interesse comuns para o fortalecimento das políticas de mobilidade, urbanismo, turismo e preservação do patrimônio cultural e histórico. 






História



O bondinho tem sua origem ligada a Southern São Paulo Railway, antiga linha de ferro que ligava os municípios de Santos e Juquiá, entre o final do século 19 e início do século 20. 


Seu prefixo original é Classe 2 nº16 e estima-se que seja datado de 1888. Ele foi adquirido pela Estrada de Ferro Campos do Jordão, em 1956, pelo valor de 24 mil cruzeiros, como parte de um acervo recebido no mesmo ano em negociações com os Serviços Públicos do Guarujá, que operava uma pequena ferrovia na região. 

Uma vez incorporada à frota da Estrada de Ferro, o bonde operou no trajeto do subúrbio de Pindamonhangaba até a década de 1970, sempre servindo ao transporte de passageiros.

Já no final dos anos 70, fora de operação, a classe foi instalada na praça, que ficou conhecida como “a Praça do Bondinho”. Ali, primeiro serviu como salão de um restaurante.

Depois, em 2009, com a construção no local do Centro de Informação ao Turista e da Secretaria Municipal de Turismo, o vagão passou a ser um atrativo aos turistas e palco para muitas fotos, inclusive de noivas. 

Fonte: Da redação
Top Notícias em Campos do jordão Veja todas